Durante a Expedição Científica Amigos das Águas, entre os dias 10 e 12 de setembro, uma
equipe do SAAE de Pirapora percorreu o rio São Francisco entre Três Marias e Pirapora, para
realizar coleta e posterior análise de amostras de água do rio e de seus principais afluentes.

Foram analisados 14 parâmetros para que se pudesse conhecer a situação do rio São
Francisco e dos afluentes rio Abaeté, rio de Janeiro e córrego Formoso.

Esse ano, diferentemente dos outros 6 anteriores que também houve coleta, nenhum dos
parâmetros analisados esteve fora do permitido pela resolução CONAMA 357/05 que dispõe sobre
a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento.

Essa é uma boa notícia que deve ser comemorada, visto que o rio e seus afluentes mostram
sinais de recuperação da qualidade da água. Por exemplo, o rio Abaeté sempre foi problemático,
com vários parâmetros fora do estabelecido pela legislação, devido a uma série de fatores:
desmatamento da proteção ciliar e principalmente grande número de garimpos clandestinos que não
têm nenhuma preocupação com a recuperação ambiental.

Esse foi somente o primeiro ano que essa boa situação ocorreu, para confirmar se a melhoria
da qualidade da água é algo concreto e duradouro novas analises deverão indicar os mesmos
resultados e as atitudes de preservação e conservação não podem cessar.

Relatório com gráficos em PDF